top of page

Laurina IAC 870

Ficha técnica da cultivar

Porte

Baixo

Alto

Diametro da copa

Pequeno

Médio

Grande

Produtividade

Baixa

Média

Alta

Muito Alta

Qualidade da Bebida

Regular

Diferenciada

Cor do Fruto Maduro

Amarela

Vermelha

Vigor Vegetativo

Baixo

Médio

Alto

Tamanho do grão

Pequeno

Médio

Grande

Muito Grande

Cor das Folhas Jovens

Bronze

Bronze-claro

Verde

Época de Maturação

Resistência a Ferrugem

Resistência a Nematoide:

Suscetível

Resistência a outras doenças

Não há

Mantenedor:

IAC

Ano de Registro:

1999

Origem:

O café Laurina é uma mutação da ‘Bourbon Vermelho’ ocorrida na Ilha Reunião, um departamento francês localizado no Oceano Índico. Este café foi importado pelo Brasil e o IAC selecionou várias plantas deste material que receberam a designação ‘Laurina 870’.

Considerações e Recomendações:

As plantas são multicaules com ramificação densa, internódios curtos e folhas pequenas e elípticas. Possui bebida de excepcional qualidade e teor de cafeína de apenas 0,6%, aproximadamente metade do teor encontrado em outras cultivares de C. arabica. Devido ao baixo vigor vegetativo e à baixa produtividade, não é recomendada para cultivo comercial, mas permanece como opção para a produção de café especial.

bottom of page