top of page

IPR 99

Ficha técnica da cultivar

Porte

Baixo

Alto

Diametro da copa

Pequeno

Médio

Grande

Produtividade

Baixa

Média

Alta

Muito Alta

Qualidade da Bebida

Regular

Diferenciada

Cor do Fruto Maduro

Amarela

Vermelha

Vigor Vegetativo

Baixo

Médio

Alto

Tamanho do grão

Pequeno

Médio

Grande

Muito Grande

Cor das Folhas Jovens

Bronze

Bronze-claro

Verde

Época de Maturação

Resistência a Ferrugem

Resistência a Nematoide:

Suscetível a M. paranaensis e
M. incognita. Não avaliada
para M. exigua.

Resistência a outras doenças

Possui moderada resistência à mancha-anular (leprose).

Mantenedor:

IDR-Paraná

Ano de Registro:

2001

Origem:

Cruzamento entre ‘Villa Sarchi’, CIFC 971/10 e Híbrido de Timor CIFC 832/2 realizado pelo CIFC, em Oeiras, Portugal, e provável hibridação espontânea com ‘Catuaí Amarelo’ no Brasil. Foi desenvolvida pelo IDR-Paraná.

Considerações e Recomendações:

Cultivar com elevado potencial produtivo, mas sensível à seca de ramos e ao depauperamento precoce se cultivada em espaçamento largo. É exigente em nutrição e deve ser plantada em espaçamentos mais adensados na linha, a fim de reduzir a produção por planta. Em geral, possui bebida com notas sensoriais mais intensas de frutas amarelas, como damasco, pêssego e maracujá. Cultivo comercial recente, ainda em pequena escala.

bottom of page